Democracia Cristã Mulher

NOTA OFICIAL

0

No material apreendido pela Operação Lava-Jato, pertinente ao grupo Odebrecht e amplamente divulgado pela imprensa. O PSDC – Partido Social Democrata Cristão não consta, em nenhum lugar, como beneficiário de doações do grupo Odebrecht, quer como partido político, quer ATRAVÉS de Comitês Financeiros de campanhas eleitorais, quer através de seus candidatos.

A única citação a um candidato do PSDC e que não se refere a ele como beneficiário de doação do grupo Odebrecht, consta no arquivo 9 do material apreendido.

Neste arquivo existe a referência de que uma pessoa identificada como “Nervosinho” (Eduardo Paes – RJ, segundo documentação apreendida), é beneficiário de doação do grupo Odebrecht, constando a seguir que este beneficiário, “Nervosinho”, efetua doação legal, a candidato do PSDC, no valor de R$ 160.000,00.

Este então candidato do PSDC, hoje Deputado Federal, Luiz Carlos Ramos – RJ, não pertence mais aos quadros do PSDC, estando filiado ao PTN.

Registre-se, ao final, que na edição de hoje do Jornal “O Estado de São Paulo”, não consta o PSDC entre os partidos citados na documentação pertinente ao grupo Odebrecht, apreendida pela Operação Lava a Jato.

Brasilia, 24 de março de 2016

COMISSÃO EXECUTIVA DO DIRETÓRIO NACIONAL

Entre em contato